Centro Pedagógico e Interpretativo

 

 

 

Mais informações: www.quintadaspalmeiras.pt/cpi

Cursos Profissionais

Facebook Feed

GIAE Online

Palmeiras Impress Digital


 


 


 


 

No âmbito do Plano Anual de Atividades do Grupo Disciplinar de Francês, comemorou-se, no dia 2 de fevereiro, "La Chandeleur" (do latim candelaria- candeia). Esta tradição francesa acontece 40 dias depois do Natal e a sua origem remonta à Antiguidade Romana. A partir do século XIV, esta festa fica associada à Purificação e a Nossa Senhora das Candeias. Atualmente, a tradição é, neste dia, confecionar e comer crepes para que haja prosperidade e abundância durante todo o ano. "A la Chandeleur il faut manger la soupe dorée pour avoir de l'argent toute l'année". Assim, os alunos de Francês cumpriram, com entusiasmo, a tradição e confecionaram saborosos crepes acompanhados com chantilly, Nutella, compota ou açúcar. Graças à colaboração do Intermarché da Covilhã, a comunidade educativa teve, ainda, a oportunidade de degustar alguns queijos franceses e comer outras guloseimas. Esta atividade permitiu conhecer um pouco mais a França, a sua língua e a sua cultura.


 


 


 




 


 


 


 

Mais uma atividade Twist EDP da equipa Palmeirinhas relativa ao 2º Período.

O tema é a “Eficiência Energética”, um tema do interesse de todos. A Equipa apela ao apoio de toda a Comunidade Educativa. É importante lerem, subscreverem e partilharem o Puzzle da Eficiência submetido pelos Palmeirinhas.
O Link da atividade é o seguinte: http://twist.edp.pt/actions/form_puzzle.php?grupo=197
Obrigado mais uma vez a todos pelo apoio que têm prestado.
Nota: Podem aderir ao grupo no facebook: Twist 2015 – Palmeirinhas
O Grupo conta já com cerca de 1500 membros mas espera aumentar muito mais, contamos convosco.


 


 

Despacho nº15747-A/2014 determina a aplicação do teste Preliminary English Test (PET) em todos os estabelecimentos do ensino público, particular e cooperativo, com caráter obrigatório para os alunos a frequentar o 9º ano de escolaridade, sendo facultativo para os restantes (idades compreendidas entre os 11 e os 18 anos).

Síntese informativa:

De 3 a 22 de fevereiro de 2015

- Inscrição para a emissão do certificado (alunos de 9º ano)

- Inscrição nos testes de inglês para os alunos dos restantes anos.

A inscrição deve ser efetuada pelos encarregados de educação na plataforma eletrónica em www.preliminaryenglishtest.iave.pt

 

6 de maio de 2015 (14 horas)

Componente escrita do teste

De 7 de abril a 5 de maio

Componente oral  

O calendário das sessões da componente oral serão oportunamente divulgadas.

Para mais informações

  1. iave.pt (Sitio do IAVE)

http://preliminaryenglishtest.iave.pt/np4/home (Cambridge English for Schools – Portugal - PET)

 

Informações mais detalhadas:

 

Alunos e pais devem consultar as informações em:

 http://preliminaryenglishtest.iave.pt/np4/home

À semelhança do que se verificou no ano passado, o Ministério da Educação determinou a aplicação de um teste com caráter obrigatório para todos os alunos a frequentar o 9º ano de escolaridade. Este teste é da responsabilidade do Cambridge English Language Assessment, entidade da Universidade de Cambridge responsável pelo desenvolvimento de instrumentos de avaliação no domínio da língua inglesa.

A realização desta prova é, no entanto, facultativa para os restantes alunos, entre os 11 e os 18 anos, correspondendo ao universo dos alunos entre os 6º e o 12º anos. A informação relativa à presente circular poderá ser consultada em http://iave.pt/np4/home, mais especificamente no link Cambridge English for Schools Portugal (na barra lateral do website do Instituto de Avaliação Educativa, do Ministério da Educação). A publicação do Despacho 15745-A/14, publicado no dia 30 de dezembro de 2014, determina a aplicação deste teste, o Preliminary English Test (PET) for Schools .

Este teste integra obrigatoriamente a compreensão da leitura e da expressão escrita, a compreensão oral e a produção oral, cuja avaliação é feita em dois momentos. O nível deste teste é diferente do teste realizado no ano anterior, sendo que o objetivo este ano remete para o nível B1, de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para as línguas — QECR, enquanto que no ano passado o nível do exame KET correspondia a A2 (para mais informações consultar http://keyforschools.iave.pt/pdf/KfS_IAVE_dez2013_VF.pdf)

Assim, nos termos do disposto no Despacho n.º 11838-A/2013, determina-se que, para o ano letivo 2014 -2015:

1 —será aplicado em todos os estabelecimentos do ensino público, particular e cooperativo, com caráter obrigatório para o 9º ano, o teste Preliminary English Test (PET) de Cambridge English Language Assessment da Universidade de Cambridge;

2 — O teste realizar-se-á nas seguintes datas:

a) Componente escrita, no dia 6 de maio de 2015, às 14 horas
b) Componente oral, em sessões a agendar pelos estabelecimentos de ensino, entre os dias 7 de abril e 5 de maio de 2015.

A aplicação do teste permite igualmente, a título opcional para os alunos a frequentarem o 9º ano, a obtenção de uma certificação de proficiência linguística, reconhecida internacionalmente, e emitida pelo Cambridge English Language Assessment. A certificação é obrigatória para todos os outros alunos, que verificam as condições de aplicação do teste. Em todos os casos, a certificação é sujeita a pagamento.

 


 


 


 

Notícias de Educação

29 fevereiro 2020

Notícias mais recentes
  • Solidariedade entre professores
    SIPE Coração é uma plataforma de trocas de bens e serviços, permutas de alojamento, ofertas de emprego, oportunidades de voluntariado entre docentes. A iniciativa parte do Sindicato Independente de Professores e Educadores.
  • Governo promete facilitar pré‑reforma para os professores
    Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, ex-secretária da Educação, garante que faz “muito sentido” definir critérios mais objetivos para os docentes com 55 ou mais anos. Pelas suas contas, em certos casos, podem sair dois professores em situação de pré-reforma e contratar-se apenas um.
  • Mais do que da violência, professores queixam-se da indisciplina na sala de aula
    Cresce a atenção social dada aos problemas da violência e indisciplina nas escolas. Mas os conflitos não se resolvem com professores cansados e pais em dificuldades.
  • Agredir professores. O que passa? O que tem de ser feito?
    Desvalorização da classe. Perda de autoridade. Poucos funcionários. Poucos psicólogos. Indisciplina. Uma sociedade cada vez mais impaciente. E os episódios de violência em contexto escolar entram no alinhamento das notícias. Abanam o sistema, fazem pensar. Como explicar o que acontece? Como atuar, como responsabilizar?

Registo

Receber Newsletter

Email *

Primeiro nome

Último nome
 

 

Copyright (c) Quinta das Palmeiras 2019. Reservados todos os direitos.