Inauguração com o Secretário de Estado da Educação

Um espaço ao serviço da promoção de conhecimentos e de competências na nossa escola

A 03 de Março de 2017, realizou-se a inauguração do Centro Pedagógico e Interpretativo da Escola Secundária Quinta das Palmeiras. Este espaço possui várias valências e tem como finalidade proporcionar aos alunos o aprofundamento de aprendizagens quer a nível cultural quer a nível científico, de uma forma mais prática. Ali se encontram reunidos e expostos os produtos do trabalho desenvolvido no âmbito de vários projetos promovidos pela nossa escola, desde o projeto QTV, o GPI (Guias de Percursos Interativos), projetos de Vídeo aulas, produtos multimédia produzidos por alunos do Curso Profissional… Temos também espaços dedicados à matemática, às ciências naturais, à física, à química, a projetos como a robótica, e às novas tecnologias da informação e da comunicação, que ajudam os alunos a contactar com novos instrumentos de aprendizagem prática. Também o português e as ciências sociais e humanas estão representadas, com projetos relacionados com a história local e regionalismos linguísticos.

Podemos ainda observar neste centro um espaço dedicado à arte e aos artistas da Covilhã. Ali estão expostas várias obras de arte como pinturas, esculturas e peças de design, criados por grandes talentos da nossa terra, que nos levam a olhar mais atentamente para a arte e a apreciar e valorizar o trabalho dos artistas em geral e dos nossos em particular. 

No CPI existe também um auditório dedicado às artes performativas, nomeadamente ao Teatro, e nele trabalha o grupo de Teatro Pano Preto. O espaço é, no entanto multifacetado e pode servir para outras atividades. Faz ainda parte de todo este complexo o estúdio QTV, onde são gravados alguns dos programas e rubricas de TV e editados e produzidos todos os trabalhos. Neste Centro Pedagógico e Interpretativo podemos então aprender um pouco de todas as áreas do conhecimento e complementar os nossos estudos sobre variadas áreas e aprender a auto cultivar-nos.