Centro Pedagógico e Interpretativo

 

 

 

Mais informações: www.quintadaspalmeiras.pt/cpi

Cursos Profissionais

Facebook Feed

Palmeiras Impress Digital

Boas Festas Associação de Pais e Encarregados de Educação


 

VI Edição das Olimpíadas de Língua Portuguesa

Parabéns, Alexandra Lourenço!!! É com um enorme orgulho que damos, pela terceira vez consecutiva, os parabéns à nossa aluna Alexandra Lourenço, pela sua brilhante prestação nas Olimpíadas de Língua Portuguesa, tendo obtido o terceiro lugar na categoria Secundário. Na passada sexta-feira, dia 7 de outubro, decorreu, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, a cerimónia de entrega dos prémios das VI Olimpíadas da Língua Portuguesa, uma iniciativa da Direção-Geral da Educação, em parceria com o Agrupamento de Escolas Aurélia de Sousa, o Plano Nacional de Leitura, a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e a Escola Secundária de Camões, que visa incentivar o bom uso da língua portuguesa pelos alunos do 3.º ciclo do ensino básico e do ensino secundário. A cerimónia foi precedida de uma visita guiada ao Reservatório Mãe d’ Água das Amoreiras. Aqui, os premiados fizeram uma breve apresentação sobre obras de arte (literatura, pintura, música,…)associadas a este espaço emblemático da cidade de Lisboa. Os prémios foram entregues pelo Senhor Secretário da Educação, Professor Doutor João Costa, pela Subdiretora Geral da Educação, Doutora Eulália Alexandre e pela Subdiretora da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Professora Doutora Alexandra Assis Rosa, aos três melhores alunos do Escalão A (ensino básico) e do Escalão B (ensino secundário), os quais tiveram a oportunidade de efetuar uma apresentação criativa da suas produções escritas. Após receber o prémio, a Alexandra dirigiu algumas palavras a todos os presentes, reconhecendo a importância desta distinção. Prometeu voltar a participar! A escola tem muito orgulho em alunos como a Alexandra! Muitos Parabéns!!


 

Reportagem QTV - Os Homens Nunca Saberão Nada Disto

 

Ficha Técnica: Captação de Imagem e Edição: João Alçada - Apoio Técnico: Diogo Valentim  - Supervisão: Prof. Paulo Morais


 

Reportagem QTV - Visita de Moita Flores às Palmeiras

 

Ficha Técnica: Captação de Imagem e Edição: João Alçada - Apoio Técnico: Diogo Valentim - Supervisão: Prof. Paulo Morais


 

TRIPELA NA NOSSA ESCOLA

O núcleo de estágio de Educação Física, dinamiza esta sexta-feira, um conjunto de worshops sobre uma inovadora modalidade desportiva "A tripela". Trata-se de um jogo coletivo que junta o Futsal ao andebol. O núcleo de estágio de Educação Física apela a todos que venham conhecer esta modalidade inovadora em Portugal.


 

Notícias de Educação

22 julho 2019

Notícias mais recentes
  • A tecnologia ao serviço do conhecimento
    O Colégio Monte Flor, em Carnaxide, é uma referência internacional na utilização dos recursos tecnológicos na aprendizagem das crianças. O diretor pedagógico da escola refere que o grande desafio não é ter alunos excecionais na utilização da tecnologia, mas sim alunos criativos e colaborativos, com espírito crítico, capazes de resolverem problemas reais.
  • FENPROF contesta “sobretrabalho” e palavras cruzadas
    Federação Nacional dos Professores mantém greve ao trabalho extraordinário depois de reunir com a tutela, pede que se acabem com abusos e ilegalidades nesta matéria, e exige um pedido de desculpas ao semanário Expresso por transmitir a ideia de que os docentes “estão sempre em greve, ficando as sobras para ensinar”. A greve também é uma lição de cidadania, sublinha a organização sindical.
  • Concurso de acesso ao Ensino Superior arranca hoje com total de vagas quase igual
    A primeira fase de candidatura ao ensino superior começa hoje e termina no início de agosto, com 50 860 vagas no concurso nacional de acesso, um total praticamente inalterado face a 2018. Nas universidades de Lisboa e do Porto, 11 cursos muito procurados pelos melhores alunos abrem mais 107 vagas.
  • “No 1.º Ciclo, seria importante abrir uma exceção e permitir que os alunos ficassem com os manuais”
    A reutilização dos livros do 1.º Ciclo é uma tarefa complexa. A devolução é obrigatória e, por isso, é necessário apagar o que foi feito ao longo do ano letivo. Diretores escolares aplaudem o empréstimo, admitem que há constrangimentos, e defendem  que as escolas deveriam ter autonomia nesta questão.

Registo

Receber Newsletter

Email *

Primeiro nome

Último nome
 

 

Copyright (c) Quinta das Palmeiras 2014. Reservados todos os direitos.