Centro Pedagógico e Interpretativo

 

 

 

Mais informações: www.quintadaspalmeiras.pt/cpi

Cursos Profissionais

Facebook Feed

Palmeiras Impress Digital

SPO

O que são os SPO ?

O Dec. Lei nº 190/91 de 17 de Maio cria, no âmbito do Ministério da Educação, os Serviços de Psicologia e Orientação (SPO). São estruturas especializadas de apoio e de orientação educativa, integradas na rede escolar, conforme previsto no artigo 26º da Lei de Bases do Sistema Educativo.

Atribuições do SPO

O SPO é uma unidade especializada de apoio educativo que tem como principais atribuições:
- Contribuir para o desenvolvimento integral dos alunos e para a construção da sua identidade pessoal;
- Apoiar os alunos no seu processo de aprendizagem e de integração na comunidade; 
- Prestar apoio de natureza psicológica e psicopedagógica, no contexto das atividades educativas, tendo em vista o sucesso escolar, a efetiva igualdade de oportunidades e a adequação das respostas educativas;
- Assegurar na colaboração com outros serviços, a deteção de alunos com necessidades educativas especiais, a avaliação da situação e o estudo das intervenções adequadas;
- Promover atividades específicas de informação, aconselhamento e orientação escolar e profissional;
- Desenvolver ações de aconselhamento psicossocial e vocacional dos alunos.

Principais domínios de intervenção do SPO

- Apoio psicopedagógico;
- Apoio ao sistema de relações da comunidade escolar;
- Orientação e informação escolar e profissional.

Quem pode recorrer ao SPO ?

- Alunos;
- Docentes (os pedidos de intervenção deverão ser apresentado através do preenchimento de formulário próprio);
- Pessoal não docente;
- Pais e Encarregados de Educação;
- Comunidade Educativa em geral.

Como aceder ao SPO ?

- Contato pessoal directo;
- Contato através do Diretor de Turma.

Onde fica o SPO ?

O gabinete do SPO está localizado no piso do rés-do-chão do Bloco A.
Mais informações disponíveis (Plataforma Moodle)

Notícias de Educação

22 julho 2019

Notícias mais recentes
  • A tecnologia ao serviço do conhecimento
    O Colégio Monte Flor, em Carnaxide, é uma referência internacional na utilização dos recursos tecnológicos na aprendizagem das crianças. O diretor pedagógico da escola refere que o grande desafio não é ter alunos excecionais na utilização da tecnologia, mas sim alunos criativos e colaborativos, com espírito crítico, capazes de resolverem problemas reais.
  • FENPROF contesta “sobretrabalho” e palavras cruzadas
    Federação Nacional dos Professores mantém greve ao trabalho extraordinário depois de reunir com a tutela, pede que se acabem com abusos e ilegalidades nesta matéria, e exige um pedido de desculpas ao semanário Expresso por transmitir a ideia de que os docentes “estão sempre em greve, ficando as sobras para ensinar”. A greve também é uma lição de cidadania, sublinha a organização sindical.
  • Concurso de acesso ao Ensino Superior arranca hoje com total de vagas quase igual
    A primeira fase de candidatura ao ensino superior começa hoje e termina no início de agosto, com 50 860 vagas no concurso nacional de acesso, um total praticamente inalterado face a 2018. Nas universidades de Lisboa e do Porto, 11 cursos muito procurados pelos melhores alunos abrem mais 107 vagas.
  • “No 1.º Ciclo, seria importante abrir uma exceção e permitir que os alunos ficassem com os manuais”
    A reutilização dos livros do 1.º Ciclo é uma tarefa complexa. A devolução é obrigatória e, por isso, é necessário apagar o que foi feito ao longo do ano letivo. Diretores escolares aplaudem o empréstimo, admitem que há constrangimentos, e defendem  que as escolas deveriam ter autonomia nesta questão.

Registo

Receber Newsletter

Email *

Primeiro nome

Último nome
 

 

Copyright (c) Quinta das Palmeiras 2014. Reservados todos os direitos.