Centro Pedagógico e Interpretativo

 

 

 

Mais informações: www.quintadaspalmeiras.pt/cpi

Cursos Profissionais

Facebook Feed

GIAE Online

Palmeiras Impress Digital


 


 


 


 

No âmbito do Plano Anual de Atividades do Grupo Disciplinar de Francês, comemorou-se, no dia 2 de fevereiro, "La Chandeleur" (do latim candelaria- candeia). Esta tradição francesa acontece 40 dias depois do Natal e a sua origem remonta à Antiguidade Romana. A partir do século XIV, esta festa fica associada à Purificação e a Nossa Senhora das Candeias. Atualmente, a tradição é, neste dia, confecionar e comer crepes para que haja prosperidade e abundância durante todo o ano. "A la Chandeleur il faut manger la soupe dorée pour avoir de l'argent toute l'année". Assim, os alunos de Francês cumpriram, com entusiasmo, a tradição e confecionaram saborosos crepes acompanhados com chantilly, Nutella, compota ou açúcar. Graças à colaboração do Intermarché da Covilhã, a comunidade educativa teve, ainda, a oportunidade de degustar alguns queijos franceses e comer outras guloseimas. Esta atividade permitiu conhecer um pouco mais a França, a sua língua e a sua cultura.


 


 


 




 


 


 


 

Mais uma atividade Twist EDP da equipa Palmeirinhas relativa ao 2º Período.

O tema é a “Eficiência Energética”, um tema do interesse de todos. A Equipa apela ao apoio de toda a Comunidade Educativa. É importante lerem, subscreverem e partilharem o Puzzle da Eficiência submetido pelos Palmeirinhas.
O Link da atividade é o seguinte: http://twist.edp.pt/actions/form_puzzle.php?grupo=197
Obrigado mais uma vez a todos pelo apoio que têm prestado.
Nota: Podem aderir ao grupo no facebook: Twist 2015 – Palmeirinhas
O Grupo conta já com cerca de 1500 membros mas espera aumentar muito mais, contamos convosco.


 


 

Despacho nº15747-A/2014 determina a aplicação do teste Preliminary English Test (PET) em todos os estabelecimentos do ensino público, particular e cooperativo, com caráter obrigatório para os alunos a frequentar o 9º ano de escolaridade, sendo facultativo para os restantes (idades compreendidas entre os 11 e os 18 anos).

Síntese informativa:

De 3 a 22 de fevereiro de 2015

- Inscrição para a emissão do certificado (alunos de 9º ano)

- Inscrição nos testes de inglês para os alunos dos restantes anos.

A inscrição deve ser efetuada pelos encarregados de educação na plataforma eletrónica em www.preliminaryenglishtest.iave.pt

 

6 de maio de 2015 (14 horas)

Componente escrita do teste

De 7 de abril a 5 de maio

Componente oral  

O calendário das sessões da componente oral serão oportunamente divulgadas.

Para mais informações

  1. iave.pt (Sitio do IAVE)

http://preliminaryenglishtest.iave.pt/np4/home (Cambridge English for Schools – Portugal - PET)

 

Informações mais detalhadas:

 

Alunos e pais devem consultar as informações em:

 http://preliminaryenglishtest.iave.pt/np4/home

À semelhança do que se verificou no ano passado, o Ministério da Educação determinou a aplicação de um teste com caráter obrigatório para todos os alunos a frequentar o 9º ano de escolaridade. Este teste é da responsabilidade do Cambridge English Language Assessment, entidade da Universidade de Cambridge responsável pelo desenvolvimento de instrumentos de avaliação no domínio da língua inglesa.

A realização desta prova é, no entanto, facultativa para os restantes alunos, entre os 11 e os 18 anos, correspondendo ao universo dos alunos entre os 6º e o 12º anos. A informação relativa à presente circular poderá ser consultada em http://iave.pt/np4/home, mais especificamente no link Cambridge English for Schools Portugal (na barra lateral do website do Instituto de Avaliação Educativa, do Ministério da Educação). A publicação do Despacho 15745-A/14, publicado no dia 30 de dezembro de 2014, determina a aplicação deste teste, o Preliminary English Test (PET) for Schools .

Este teste integra obrigatoriamente a compreensão da leitura e da expressão escrita, a compreensão oral e a produção oral, cuja avaliação é feita em dois momentos. O nível deste teste é diferente do teste realizado no ano anterior, sendo que o objetivo este ano remete para o nível B1, de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para as línguas — QECR, enquanto que no ano passado o nível do exame KET correspondia a A2 (para mais informações consultar http://keyforschools.iave.pt/pdf/KfS_IAVE_dez2013_VF.pdf)

Assim, nos termos do disposto no Despacho n.º 11838-A/2013, determina-se que, para o ano letivo 2014 -2015:

1 —será aplicado em todos os estabelecimentos do ensino público, particular e cooperativo, com caráter obrigatório para o 9º ano, o teste Preliminary English Test (PET) de Cambridge English Language Assessment da Universidade de Cambridge;

2 — O teste realizar-se-á nas seguintes datas:

a) Componente escrita, no dia 6 de maio de 2015, às 14 horas
b) Componente oral, em sessões a agendar pelos estabelecimentos de ensino, entre os dias 7 de abril e 5 de maio de 2015.

A aplicação do teste permite igualmente, a título opcional para os alunos a frequentarem o 9º ano, a obtenção de uma certificação de proficiência linguística, reconhecida internacionalmente, e emitida pelo Cambridge English Language Assessment. A certificação é obrigatória para todos os outros alunos, que verificam as condições de aplicação do teste. Em todos os casos, a certificação é sujeita a pagamento.

 


 


 


 

Notícias de Educação

17 janeiro 2019

Notícias mais recentes
  • A ciência nas escolas também desenvolve o país
    Concurso da Fundação Ilídio Pinho destaca ideias inovadoras nas áreas da ciência e da tecnologia de alunos de todos os níveis de ensino, do pré-escolar ao Secundário. As inscrições terminam dia 24 e as melhores propostas serão executadas em contexto escolar. Nada ficará no papel.
  • Petição pede menos TPC e mais tempo para a vida social e familiar
    Jornalista José Eduardo Moniz lançou uma petição para limitar os trabalhos de casa (TPC) das crianças e jovens. O documento pede uma lei para regular os TPC das escolas, fala no direito a brincar dos mais novos, e já tem mais de 9100 assinaturas.
  • Secretária de Estado aponta flexibilização de currículos como desafio para ensino superior
    A secretária de Estado adjunta do primeiro-ministro, Mariana Vieira da Silva, apontou ontem como desafios para a inovação no ensino superior a flexibilização de currículos e a diversificação de formas de acesso.
  • Tempo dos professores vai a debate parlamentar
    Iniciativa Legislativa de Cidadãos conseguiu colocar o tempo congelado aos docentes na agenda da Assembleia da República. Abre-se um processo legislativo para que os partidos possam apresentar propostas e um projeto de lei que defende a contagem integral do serviço prestado será discutido e votado.

Registo

Receber Newsletter

Email *

Primeiro nome

Último nome
 

 

Copyright (c) Quinta das Palmeiras 2014. Reservados todos os direitos.