Centro Pedagógico e Interpretativo

 

 

 

Mais informações: www.quintadaspalmeiras.pt/cpi

Cursos Profissionais

Facebook Feed

GIAE Online

Palmeiras Impress Digital

No dia 28 de fevereiro os alunos dos 10º 11º e 12º anos do Curso Profissional Técnico de Turismo participaram numa visita de estudo a Almeida e às Termas do Cró no âmbito das disciplinas de Geografia, TIAT e OTET.
A vila de Almeida é conhecida pela sua fortaleza que, com a sua forma de estrela de doze pontas, constitui um dos mais espetaculares exemplares europeus dos sistemas defensivos abaluartados do século XVII. A Praça-Forte de Almeida é candidata à categoria de Património Mundial da UNESCO. Almeida terá tido origem na migração dos habitantes de um castro lusitano, localizado a Norte do lugar do Enxido da Sarça, ocupado em 61 a.C. pelos Romanos, e depois pelos povos bárbaros. Dada a sua situação em planalto, os Árabes chamaram-na Al-Mêda (a Mesa), Talmeyda ou Almeydan, tendo construído um pequeno Castelo (séc. VIII-IX). No período da Reconquista, os Cristãos tomaram-na definitivamente em 1190 e foi sucessivamente disputada a Leão, passando à posse portuguesa com o Tratado de Alcanizes, em 1297. O turista que visita Almeida pode ficar no Hotel Fortaleza, de 4 estrelas, que está localizado dentro das muralhas da histórica vila e dispõe de quartos espaçosos com uma varanda privada com vista para ao centro da vila.
O Cró Hotel Rural é um conceito inovador de hotelaria em espaço rural, integrando simultaneamente um complexo termal de referência a nível nacional. Numa envolvente de paisagens naturais, por entre ruínas antigas, ribeiros e serranias, propiciam uma atmosfera única onde se respira tranquilidade e bem-estar. As águas medicinais do SPA Termal do Cró têm utilização milenar e reconhecimento oficial desde o Séc. XVIII, vocacionadas para o tratamento e prevenção de problemas músculo-esqueléticos, reumáticos, respiratórios e dermatológicos.
Os objetivos definidos para esta visita foram concretizados com êxito, sendo evidente o entusiasmo dos alunos ao observarem in-loco aspetos referidos nas aulas e ao aprofundarem os conhecimentos adquiridos.


 

Guião da visita aqui


 

No dia 27 de abril de 2017, alguns alunos das turmas 8ºD e 9ºD deslocaram-se à Escola Secundária Quinta das Flores, em Coimbra, para participarem na 5ª Edição do concurso "La Chanson en Scène" promovido pela Associação Portuguesa de Professores de Francês (APPF). Esta atividade tinha como objetivo encenar uma canção francesa, integrando a dimensão artística na aprendizagem do Francês. O bom desempenho da nossa "Troupe" traduziu-se num honroso 3º lugar. Parabéns Troupe(au) Spectacle!


 

​De 19 a 23 de abril, os alunos dos 10º e 11º anos tiveram a oportunidade de visitar Roma, Nápoles, Pompeia e a costa Amalfitana onde visitaram o Vesúvio, as ruínas de Pompeia, o vulcão Sulfatara, a Reserva Natural da cratera Astroni, a "Grotta dello Smeraldo" na região cársica da costa de Amalfi e contactaram ainda com a história, arquitetura e costumes desta bela região de Itália.




 

 

DR - Aviso n.º 4357/2017

Aviso de abertura

Formulário de candidatura

- Lista Ordenada Final


 


 

A Força Aérea Portuguesa (FAP) celebra este ano o seu 65.º aniversário em várias localidades do distrito de Castelo Branco com um festival aéreo, concertos, exposições e ações de sensibilização junto das escolas do 3º Ciclo e Secundário. A Direção da Escola Quinta das Palmeiras abraçou o convite endereçado pela Instituição, e em articulação com os Serviços de Psicologia e Orientação, dinamizou 2 sessões de sensibilização para alunos dos níveis terminais de ciclo. O Capitão Gouveia, o 1º Sargento Calhau e 1º Sargento Henriques, foram os preletores nas sessões de esclarecimento juntos dos alunos do 9º e do 12º ano de escolaridade na ESQP. A Escola Quinta das Palmeiras dá os parabéns à FAP pelo seu 65º aniversário e agradece aos militares a ação junto dos seus alunos.


 

No dia 4 de abril, o Club Physique Chimie, em colaboração com os grupos disciplinares de Físico-Química e Francês, dinamizou e apresentou, no auditório do CTE, várias experiências laboratoriais, usando o francês como língua de comunicação. Os visitantes foram acompanhados por “cientistas franceses” (Marie Curie, Antoine Lavoisier, André-Marie Ampère e Henri Louis le Châtelier) que, vestidos à época, apresentaram a sua biografia. Foi uma manhã divertida e diferente que proporcionou uma atividade interdisciplinar: aprender física e química aprofundando conhecimentos linguísticos e culturais franceses. Os grupos disciplinares agradecem a colaboração e disponibilidade da professora Lídia Mineiro e da estagiária Ana Janela.


 


 


 

Consulte o Guião aqui
Descarregue o PDF do Guião aqui
Declaração de compromisso assinada pelos alunos aqui
Indicações para os alunos aqui


 

 


 


 


 

No dia 18 de Abril realizou-se, na nossa escola, a atividade “Palmeiras Run & Colour Party” organizada pelo núcleo de estágio de educação física. Esta atividade consistiu na realização de uma corrida/caminhada solidária em que o valor da inscrição após serem pagas todas as despesas de organização, reverteu na sua totalidade para a instituição “O Mundo da Carolina”. Esta corrida/caminhada foi feita na cidade da Covilhã com uma distância de aproximadamente 3km. A “Meta” da atividade foi no Jardim do lago onde os participantes foram recebidos com uma festa das cores que comtemplou várias atividades, como uma aula de aeróbica e muita animação musical. Foi durante esta diversão que surgiu o grande e tão esperado lançamento das tintas que encheu o dia de cor e alegria, promovendo o convívio entre participantes. Esta iniciativa, para além da união da comunidade escolar e muita diversão, teve dois grandes objetivos, a promoção de estilos de vida saudável e a promoção da solidariedade entre a comunidade.

Tanto a comunidade escolar como extraescolar aderiram em massa a esta iniciativa (estando presentes cerca 400 participantes), demonstrando grande entusiasmo e interesse pela iniciativa como também um comportamento cívico exemplar.

O nosso agradecimento a todos os que de forma direta ou indireta tornaram possível esta actividade.

A todos o nosso profundo agradecimento. Obrigado!


 

O Ministério da Educação e Ciência atribuiu, pela segunda vez, o prémio de escola «Mérito Institucional» à Escola Secundária Quinta das Palmeiras. Nas razões desta distinção está “o trabalho em prol da excelência no ensino” e “o contributo para o incremento da qualidade na educação, merecendo assim o devido reconhecimento público”.

in forumcovilha.pt

Clique para ouvir a notícia...


 


 

No passado dia 11 de abril, três equipas de alunos do 9ºano participaram 2ª fase das Olimpíadas de Química Júnior 2015, nas instalações do Departamento de Química da UBI. Participaram todos com grande entusiasmo e a equipa “Os Precipitados”, constituída pelos alunos André Pimparel, José Pedro Carrapato e João Pedro Freire, alcançou o segundo lugar ficando apurada para a fase final nacional, a realizar no próximo dia 9 de maio na Universidade do Minho.


 

 

Para alunos do 9º Ano de Escolaridade...

Posted by Escola Quinta das Palmeiras on Terça-feira, 21 de Abril de 2015

 


 

Notícias de Educação

20 abril 2019

Notícias mais recentes
  • Resumir o conhecimento a uma nota é perder informação
    Tim Oates, professor britânico e especialista em Educação, em entrevista ao Observador, faz algumas observações ao modelo de ensino português. O professor Santana Castilho realça alguns pontos e comenta-os.
  • “Relaxar o currículo nacional e relaxar a avaliação nunca são boas ideias”
    Tim Oates, professor britânico e especialista em Educação, em entrevista ao Observador, fala da forma errada como se olha para o que se passa na Finlândia e faz algumas observações ao ensino português. Os professores Paulo Guinote e José Eduardo Lemos destacam e comentam alguns assuntos referidos por um pensador que conhece bem os instrumentos de avaliação e métodos de ensino de várias partes do mundo.
  • A última esperança dos professores nesta legislatura passa terça-feira pela AR
    Os professores depositam na Assembleia da República a esperança de ver resolvida nesta legislatura a recuperação integral do tempo de serviço, mas o parlamento poderá apenas obrigar a um terceiro processo negocial entre sindicatos e Governo.
  • A transição do papel para o digital não é neutra
    Investigadores europeus, que analisam o impacto dos meios digitais nas práticas de leitura, pedem cautela aos professores e educadores. A mudança tecnológica, do papel para o digital, não pode ser feita à pressa para não “estragar” o trabalho feito na compreensão, competências e pensamentos dos mais novos.

Registo

Receber Newsletter

Email *

Primeiro nome

Último nome
 

 

Copyright (c) Quinta das Palmeiras 2014. Reservados todos os direitos.